Usinagem para indústria automobilística: como funciona e quais os benefícios?

A indústria automobilística é mais um dos mercados beneficiados com a usinagem de precisão, que confere às peças dos automóveis tecnologia, padronização e acabamento. Muito além das peças, esse processo também é levado para diferentes etapas da montagem, contribuindo para uma área da indústria tão necessária para a mobilidade urbana.

A usinagem tem proporcionado cada vez mais autonomia e otimização dos processos de diversos setores da indústria brasileira, e a automobilística é uma delas. Com as tecnologias desenvolvidas por ela é possível manter a linha de produção das fábricas em constante trabalho e garantir maior padronização e eficiência das peças que fazem parte da montagem de um automóvel.

A usinagem para indústria automobilística garantiu ao setor mais rapidez nas montagens. Além  disso,  permitiu ao setor desenvolver automóveis com grandes tecnologias envolvidas em todo o processo, de pequenas peças às etapas de acabamento. Isso porque a usinagem, para além de facilitar a produção e aperfeiçoamento das peças, é também responsável pela criação de outros equipamentos necessários à montagem de um veículo e essencial para os processos de acabamento e inspeção.

Mais sobre o processo de usinagem

O processo de usinagem é responsável por dar forma a uma matéria-prima sólida por meio do uso de máquinas e ferramentas modernas. Essa matéria-prima é transformada em uma grande variedade de peças, que podem ser usadas para diversos fins.

Tudo isso é guiado por um projeto personalizado e de acordo com os principais objetivos e necessidades do cliente. Isso garante um resultado de produtos com alta tecnologia, além de serem estáveis, duráveis e resistentes.

Usinagem na indústria automobilística

Considerada uma das principais indústrias do país, a indústria automobilística é responsável por produzir automóveis, como carros, motos e caminhões. Ela faz parte do polo industrial brasileiro desde a década de 50. Contudo, de lá para cá, os processos foram otimizados graças ao desenvolvimento de técnicas como a usinagem. E, com isso, conferiram cada vez mais resistência, segurança e estética a alguns meios de transporte.

A usinagem para indústria automobilística possui diversos benefícios. A começar pelo seu principal objetivo: oferecer aos clientes objetos moldados de acordo com o projeto que desejam criar. Assim, a usinagem entrega às montadoras todas as peças que compõem o automóvel em questão. Alguns dos principais exemplos são: engrenagens, eixos, flanges, pinos, cubos, mancais e espaçadores.

O processo

A usinagem de peças para a indústria automobilística passa por diferentes etapas. A partir do metal bruto cada peça é cortada e moldada de acordo com as dimensões solicitadas pelo cliente até que cheguem ao formato e funcionalidade corretos para o veículo. Elas passam por estágios como perfuração, moldagem por torno, fresagem, moagem e mandrilamento.

Entenda, abaixo, como funciona cada uma delas:

  1. Perfuração
    Nessa etapa, as peças são furadas, transformando-se em parafusos e brocas, por exemplo.
  2. Moldagem por torno
    Conhecida como tornearia, essa máquina faz cortes e confere dimensões ao metal.
  3. Fresagem
    É responsável por novos cortes na peça, mas que confere a ela um movimento rotacional uniforme e remove o cavaco, que são pequenas lascas de metais que não devem fazer parte do resultado final.
  4. Moagem
    Se for necessário afiar as peças ou deixá-las pontiagudas, elas precisarão passar pela etapa da moagem.
  5. Mandrilamento
    Por fim, o mandrilamento representa a etapa de acabamento das peças, garantindo que estejam padronizadas, funcionais e conferindo um caráter estético a elas.

Muito além das peças

Quando falamos em usinagem para a indústria automobilística, muitas pessoas tendem a pensar na presença de tecnologias somente nas peças que farão parte do automóvel. Porém, a usinagem também está presente nos processos automobilísticos, onde há a modelagem de um metal para diversos fins.

Um ótimo exemplo são os equipamentos, como a pistola de pintura eletrostática a pó. Estes são responsável pela pintura do metal, uma das etapas finais da montagem do automóvel. Outro exemplo é o disco flap esmerilhadeira, uma espécie de lixa em formato de disco que é usado tanto para processos de soldagem quanto para deixar as peças uniformes.

Conte com a Erominas

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de usinagem, a Erominas atua através da usinagem de precisão sob encomenda. Através da fabricação, modificação, moldagem, fundição e corte de materiais metálicos, oferecemos um serviço personalizado para cada um de nossos clientes. Tudo de acordo com suas principais necessidades e objetivos com as peças.

Clique aqui para saber mais sobre a nossa história e entre em contato para realizar um orçamento e conversar com a nossa equipe.

Os comentários estão encerrados.

Solicitar Orçamento