Processos de usinagem

Processos de usinagem: conheça os principais tipos

Ao pensar nos diferentes processos de usinagem, sabemos que existem muitos tipos, que variam conforme objetivo principal, material a ser utilizado, tipo de corte etc. Para que você entenda então, de forma geral, quais são os principais, a Erominas preparou um texto completo sobre isso. Continue lendo!

A usinagem então envolve uma variedade de ferramentas, técnicas, processos, cortes e projetos para produzir o resultado final: uma peça manufaturada, totalmente personalizada. Ela irá se adequar exatamente a necessidade da máquina, produto ou outra estrutura para qual foi destinada, evitando desperdícios, erros ou desvios na sua utilização.

Vamos conhecer os principais processos de usinagem que permitem que isso aconteça?

Processos de usinagem: conheça os principais

Podemos dizer os processos dentro da usinagem são todas as ações em que ocorrem alteração no material de origem. Ou seja, toda vez que um material é manuseado e alterado em sua composição original, dizemos que ele passou por um processo de usinagem.

Durante a fabricação de uma peça ou ferramenta, diversas operações podem acontecer, com finalidades distintas e formas de funcionamento bem diferentes. Veja alguns dos mais comumente utilizados:

Fresamento

As fresas são máquinas bastante utilizadas nos processos de usinagem. Sua principal função é cortar materiais com dureza e resistência inferiores ao seu. As fresas também podem ser utilizadas para aplicar acabamentos de superfícies ou ainda para criar formas 3D mais complexas.

Torneamento

O torneamento é um dos processos de usinagem mais antigos e também mais comuns nesse segmento.

Isso porque essa ferramenta nada mais faz do que realizar um processo mecânico para dar uma forma diferente ao material, principalmente geometrias mais complexas.

Polimento

O polimento é um processo fundamental para a qualidade final da peça ou ferramenta manufaturada. Assim, nessa etapa, a superfície da peça recebe um tratamento final, tornando-a mais ou menos ásperas, de acordo com as especificações do projeto de usinagem.

Outros processos

Além desses citados acima, outros diversos processos de usinagem podem ser citados: eletroersão, ajustagem, perfuração, roscamento, brochamento, entre tantos outros.

A utilização de uma técnica ou de outra depende do projeto de usinagem e do tipo de necessidade. Além também, é claro, da usinabilidade do material, da sua dureza, resistência e forma desejada.

Qualidade na usinagem: fator principal em qualquer processo

É importante lembrar que, independente de quais dos processos de usinagem forem utilizados para a produção das suas peças, um fator importante precisa estar presente em todos eles: a qualidade.

Já explicamos aqui tudo sobre a qualidade dos processos de usinagem, principalmente no que diz respeito ao ISO 9001 e sua importância. E para isso, é imprescindível contar com uma empresa de usinagem com experiência, expertise e soluções completas para o seu negócio.

Você pode contar então com a Erominas, que há anos trabalha no mercado transformando suas necessidades em soluções e oferecendo o melhor em qualidade para suas peças e ferramentas manufaturadas.

Então venha conhecer mais sobre nossa estrutura, nossas soluções e nossos processos de qualidade. E depois, clique aqui para solicitar um orçamento conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar Orçamento