O processo de usinagem, para entregar qualidade em primeiro lugar, passa por diversas etapas e requer alta expertise para seu gerenciamento. Descubra quais os tipos disponíveis para personalizar o seu projeto e como a Erominas pode te ajudar com isso.

O processo de usinagem é bastante complexo uma vez que necessita de alta expertise, maquinário moderno, precisão na mão de obra e a gestão de um projeto personalizado do início ao fim. São muitos tipos de processo de usinagem disponíveis para atender às necessidades do mercado, e é sobre eles que vamos falar neste novo post do blog da Erominas.

O que é usinagem?

A usinagem é um serviço que permite fabricar peças de acordo com as principais necessidades do cliente, da especificação às características estéticas. Isso torna possível oferecer um trabalho personalizado para o mercado, o que gera um grande diferencial perante a concorrência.

Toda vez que um material é manuseado e alterado em sua composição original, dizemos que ele passou por um processo de usinagem.

 Saiba mais: O passo a passo para encontrar um fornecedor de peças usinadas

Como acontece a usinagem de peças?

A usinagem de peças é baseada no projeto pensado para cada cliente, cujos objetivos variam bastante. Com o projeto em mãos, será definido por qual processo de usinagem aquelas peças deverão passar para atingir a expectativa do cliente. A usinagem, portanto, envolve grande variedade de ferramentas, técnicas, processos e cortes para chegarmos ao resultado final: uma peça totalmente personalizada.

Principais processos de usinagem

1) Fresamento
As fresas são máquinas bastante utilizadas nos processos de usinagem. Sua principal função é cortar materiais com dureza e resistência inferiores ao seu. As fresas também podem ser utilizadas para aplicar acabamentos de superfícies ou ainda para criar formas 3D mais complexas.

2) Torneamento
O torneamento é um dos processos de usinagem mais antigos e também mais comuns nesse segmento. Isso porque essa ferramenta nada mais faz do que realizar um processo mecânico para dar uma forma diferente ao material, principalmente geometrias mais complexas.

3) Polimento
O polimento é um processo fundamental para a qualidade final da peça ou ferramenta manufaturada. Assim, nessa etapa, a superfície da peça recebe um tratamento final, tornando-a mais ou menos ásperas, de acordo com as especificações do projeto de usinagem.

Outros exemplos de tipos de processo de usinagem:
– Eletroerosão
– Ajustagem
– Perfuração
– Roscamento
– Brochamento

Vale ressaltar que, independente de quais processos de usinagem forem utilizados para a produção das peças do seu projeto, um fator essencial precisa estar presente em todos eles: a qualidade.

Leia também: Tratamento térmico – Como essa técnica impacta as propriedades dos materiais

Usinagem na Erominas
Se você deseja contratar um serviço de usinagem de qualidade, conte com a expertise da equipe da Erominas. Temos mais de 20 anos de atuação no mercado de usinagem de precisão e produzimos projetos 100% personalizados para os nossos clientes. Estamos em constante evolução, tanto de nosso maquinário quanto de capacitação para o nosso time.

Faça um orçamento conosco.

Saiba mais sobre usinagem de peças em nosso blog.

Os comentários estão encerrados.

Solicitar Orçamento