Gerenciamento de ferramentas de usinagem

Set of modern milling cutters for metal on CNC milling machines. Cutter with replaceable inserts.

Gerenciamento de ferramentas de usinagem: por que e como fazer?

Realizar o gerenciamento de ferramentas de usinagem não é mais algo distante ou para o futuro. Essa já é uma questão tratada como primordial e, mais do que tudo, diferencial, olhando para um mercado cada vez mais competitivo e inovador.

Assim, administrar ferramentas, controlar custos e estoques, gerenciar logística e aumentar produtividade são realidade para muitas indústrias do setor de usinagem, que encontram nessa estratégia uma forma de reduzir custos e maximizar resultados.

Mas como funciona esse gerenciamento de ferramentas de usinagem? É isso que você vai entender um pouco mais a seguir.

Por que gerenciar um processo de usinagem?

O gerenciamento de todo o processo de usinagem de peças e ferramentas surgiu como uma necessidade cada vez maior em aumentar agilidade nos processos, flexibilidade, foco em clientes e alta qualidade dos produtos. Daí então, a estratégia de gerenciar todo o ciclo de produção, eliminando gargalos na produção de forma efetiva e sistematizada.

Essa estratégia então visa nada mais do que resolver problemas relacionados a todas as etapas do processo de usinagem: desde a aquisição de máquinas, o armazenamento de equipamentos, a alocação e preparação das ferramentas, a execução, a rastreabilidade e até a entrega efetiva dos produtos.

Assim, o gerenciamento é essencial para solucionar questões como:

  • Paradas de máquina devido à falta de ferramenta ou problemas na sua realocação
  •  Problemas com estoque, como grande quantidade de produtos, o que acaba gerando custo de manutenção e problemas no capital de giro
  • Quebra ou manutenção das máquinas, que podem ser decorrentes de manuseio inadequado ou então que poderiam ter sido programadas de forma a não gerar atraso na entrega final

Como fazer o gerenciamento dentro da usinagem?

É importante lembrar que não existe um manual definitivo quanto o assunto é gerenciamento de peças na usinagem. De forma geral, para iniciar esse processo, alguns passos são importantes:

  • Descrever todas as etapas do processo de usinagem
  • Registrar todas as ferramentas envolvidas no processo
  •  Categorizar e organizar o estoque
  • Determinar verificações constantes de possíveis mudanças no processo
  • Realizar um trabalho inclusivo com a equipe, para que ela se torne parte atuante dessa nova forma de trabalhar

Esses são somente alguns dos passos que podem iniciar a jornada rumo ao gerenciamento completo e sistematizado das ferramentas de usinagem.

O efetivo gerenciamento pode ser feito de forma internalizada – como é o caso da Erominas, onde sistemas informatizados otimizam todas as etapas e garantem a rastreabilidade de todo o processo – ou ainda de forma terceirizada, adotando uma parceria com uma outra empresa que ficará a cargo de todo esse controle gerencial.

Cuidado especial com as ferramentas

Então além do gerenciamento do processo de usinagem como um todo, as ferramentas têm um destaque importante nessa sistematização.

Afinal, elas são as responsáveis pela complexidade dos cortes e pelo resultado final da peça usinada. Dessa forma, alguns itens importantes são considerados no gerenciamento de peças de usinagem:

  • Definição da ferramenta (incluindo aquisição ou troca, quando necessário)
  • Armazenamento
  • Uso correto – que precisa ser repassado a quem faz o manuseio diário desses equipamentos
  • Manutenções preventivas – a fim de evitar desgastes prematuros ou até a redução da sua vida útil

Esse gerenciamento então é que garante que as ferramentas ideais estarão à disposição da empresa para produzir peças que se adequem às mais variadas necessidades dos setores distintos.

Tirando seu projeto de usinagem do papel

Como o gerenciamento na usinagem impacta você? Através da qualidade e da segurança das peças e ferramentas usinadas que se encaixam no seu negócio! Tem uma necessidade? Traga ela para a Erominas e nós transformamos em solução! É só clicar aqui.

 

Os comentários estão encerrados.

Solicitar Orçamento